Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DA INVEJA 1...

Há sentimento humano mais abjeto, mais pervertido que a inveja? Tal estado afetivo é tremendamente sórdido, rasteiro, medíocre, reles, asqueroso. Trata-se, em síntese, de uma ânsia doentia, sôfrega, frustrada, de se querer o que outro é detentor e, seja lá porque razão, nos escapa.

A inveja, depois de alojada no espírito, engendra uma mentalidade menor tornando o sujeito um escravo e de caráter imprevisível. O invejoso, na verdade, carrega um ônus que nem ele mesmo é capaz de suportar. Daí a traição se caracterizar como uma das marcas de quem se deixa dominar por ela. O veneno do invejoso é avassalador, corrói tudo o que estiver à sua volta. Destarte, nada tão ignóbil, nada tão inaceitável, nada tão nocivo, nada tão imoral.

A inveja é a deformação radical e absoluta do sentido do AMOR, é o vôo mais curto para a nossa decadência geral.
Ary Carlos Moura Cardoso
Enviado por Ary Carlos Moura Cardoso em 22/12/2005
Reeditado em 11/03/2007
Código do texto: T89471
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Normal.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ary Carlos Moura Cardoso
Palmas - Tocantins - Brasil
1005 textos (256746 leituras)
1 áudios (296 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:26)
Ary Carlos Moura Cardoso