Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os sonhos têm asas.

Os sonhos voam. Vão á lua e de lá não querem mais voltar. E cada estrela no céu, que se afasta a ano luz é um sonho meu que pelo universo se perdeu. E por vontade de tê-los de volta, vivo essa estranha vida perdida. Onde todo dia meu coração se corta por não saber por quais ruas se esconder.

O homem que se veste de poeta tem que inventar escândalos, para enriquecer seu enredo, do coração que não tem defeitos.
 Aí pobre homem. Largue esse punhal, que pecado fez ela, só foi sincera e não te que mais.


Mais ainda não me respondeu quando foi que ela te quis?
Vá dê uma trégua, por que falei com a s estrelas e ela não volta.
Se quiser passe na Rua dos Esquecidos, por lá não há tavernas, mais garanto, muitos Álvares, vestidos de lindos versos brancos e luas prateadas.

Os sonhos voam meu amigo, e ela quer voar também.

Fuja deste abrigo frio desconfortável.  Pois o sol promete muitos raios dourados e estão  próximos da sua casa.
Jane Krist Coffee
Enviado por Jane Krist Coffee em 27/12/2005
Código do texto: T90925

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Jane Krist Coffee). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Jane Krist Coffee
São Paulo - São Paulo - Brasil
503 textos (67757 leituras)
1 e-livros (1205 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:54)
Jane Krist Coffee