Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Do pó eu vim

Do pó eu vim,das cinzas renascí,conheci várias moradas  e em cada uma delas eu fiz a minha.
Do pó eu vim,das feridas construi um novo saber,das lágrimas fiz um mar,onde pudesse me purificar,e nas quedas que tive retirei todas pedras em meu caminho.
Do pó eu vim,da morte eu revivi e na vida aprendi que com o amor nada pode ter um fim.
JOÃO MOLON NETO
Enviado por JOÃO MOLON NETO em 31/12/2005
Código do texto: T92939

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (João Molon Neto (Cavaleiro da Luz) /www.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOÃO MOLON NETO
Franco da Rocha - São Paulo - Brasil, 34 anos
331 textos (17224 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:44)
JOÃO MOLON NETO