Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Enlouquecer!

Diante de tantas loucuras de um ser errante,
Com olhares estridentes pela vida somente,
Entrega de dor,
Jamais poderia sentir-me feliz,
Com tanta contravenção de palavras,
Agora, sinto-me esvair diante delas,
Agora somente!
Uma dor penitente,
Estilhado de horror,
Lanço-me ao tempo,
Plágio de um momento,
Marcados por desamor,
Agora penitente!
Sinto-me ausente,
Por achar-me em dor,
Lágrimas sobressaem de meus olhos
Ardentes sem visão,
Famigerada dor!
Repudia-me alma fria
Entrego-me a seu manifesto,
Enfraqueço-me diante desse enlouquecer!


Claudia/09/01/2006
lindamulher
Enviado por lindamulher em 09/01/2006
Código do texto: T96566
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cláudia Aparecida Franco de Oliveira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lindamulher
Itirapina - São Paulo - Brasil, 57 anos
1582 textos (129598 leituras)
3 áudios (322 audições)
4 e-livros (303 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:15)
lindamulher