Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Natal, Sempre

Natal, Sempre.


Dezembro é mês de Natal,
Pena não ser o ano inteiro.
Tantos meses a viver mal
E neste esbanja-se dinheiro.

Compram-se inutilidades
Só para satisfazer o ego.
Escondem-se inimizades.
Tempo de alegria, não nego.

Mas depois virá Janeiro,
Voltam velhas picardias,
Durante mais um ano inteiro.

Os pobres voltam à sua cruz
Que lhe escurece os dias.
Os ricos voltam a esquecer Jesus.


FrancisFerreira
FrancisFerreira
Enviado por FrancisFerreira em 02/12/2007
Reeditado em 20/01/2008
Código do texto: T762016

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FrancisFerreira
Portugal, 59 anos
637 textos (32148 leituras)
4 áudios (101 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 12:02)
FrancisFerreira