Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Nunca gostei muito de Natal
e sei que não sou o primeiro,
e so uma festa comercial
e eu nunca tenho dinheiro.

E so música que no ar ecoa
e tanta propaganda na televisão,
não tenho nem um pedaço de leitoa
minha ceia, sera so macarrão.

Mas tudo e um costume do povo
que enchem de vinho e aguardente,
eu ja prefiro o ano novo
que não precisa de dar presente.

Em casa sozinho vou ficar
Casa? E um rancho de sapé,
mas a noitinha vou rezar
para o menino de Nazaré.

Uma festa boa e o carnaval
quando então posso me divertir,
ja tenho a minha perna de pau
para no nosso bloco sair.

Não custa dinheiro a fantasia
pois faço toda com papel,
ai eu inverto esse dia
me vestindo de Papai Noel....
GIL DE OLIVE
Enviado por GIL DE OLIVE em 04/12/2007
Código do texto: T764432
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GIL DE OLIVE
Campos do Jordão - São Paulo - Brasil
2600 textos (230453 leituras)
31 e-livros (2315 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 00:47)
GIL DE OLIVE