Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Natal

É Natal
Luzes cintilantes
Alegria no semblante
Mas e o semelhante?

Quisera eu poder
Transformar cada estrela do céu
Em esperança...Felicidade
A todos que sofrem desigualdade

Quisera eu poder desejar
Que a partir de agora
Os pássaros entoassem
Um suave canto de paz e ventura
E através dessa melodia
O amor e a paz
Se espalhassem pelo universo

Quisera eu poder com meus versos
Fazer com que todos entendessem
Que Sempre é tempo de querer bem
Que Sempre é tempo de amar e dar...

Quisera eu ser um anjo
Para poder transformar
O Sempre de nossas vidas
Num sempre dia de Natal.
Campinas/01/12/2005
Augusta Schimidt
Enviado por Augusta Schimidt em 01/12/2005
Reeditado em 01/12/2005
Código do texto: T79601

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Augusta Schimidt
Campinas - São Paulo - Brasil, 66 anos
366 textos (532186 leituras)
4 e-livros (6968 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:22)
Augusta Schimidt

Site do Escritor