Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

É Natal



A cidade está iluminada
Nas ruas, pessoas correm apressadas
É Natal!
A noite abraça os desejos
Que surgem como lampejos...

É Natal
E o corre-corre não cansa
Tudo anima, provocando esperança
E em cada olhar há vestígios de criança
Por que é Natal
Tudo acontece de forma bem natural...

É Natal
E o coração do ser humano amolece
Não importa o que esteja vivendo
Rende-se, irremediavelmente, à prece
Porque é Natal
E todo o mal e tristeza ele esquece

É natal
E o mundo muda de cor
Tornando-se claro e brilhante
Como chama viva de amor
Queimando forte e vibrante
Reluzindo em esplendor...

É Natal
E o silencio abraça a alma
Acalma a humanidade
Como a embalar seu sonhar...
É Natal
As mãos estendem a palma
Buscando outra alcançar
Num gesto de fidelidade
De quem aprendeu a amar

É natal
E o Universo se aquieta
Todo cosmos se enfeita
Silente, a aguardar
Nasce então o poeta
Que de pronto se sujeita
Desde cedo a poetar

É Natal
E a mais bela poesia
Que ele pode versejar


De seu dom fazendo jus
É traduzir o Natal
Como fonte de alegria
Valorizando a vida
Com a chegada de Jesus

Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 11/12/2005
Código do texto: T84371
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215187 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 19:04)
Priscila de Loureiro Coelho