Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

***Noite de Natal!!!

***Noite de Natal!!!


Jesus, hoje vamos comemorar.
A data mais esperada
Aquela tão desejada
A mais bonita do ano
A data do seu nascimento
Um verdadeiro arco íris
Muitas festas, muitas luzes.
Fico de olho no firmamento.
Relembrando os doces momentos
Que li no seu livro, no novo testamento.
Que agora trago no pensamento
E logo vem a lembrança
Do dia do nascimento
Que para nos foi muita alegria
Mas para ti foi grande tormento
Gela meu coração em ver a frieza
Daquele povo que julgava ser meu irmão
Eu fico só pensando e minha mente viaja
Procurando uma resposta
E não acho explicação...

Jesus você ainda estava no ventre de Maria
Fugia de Herodes que o perseguia
Nasceu pobre longe de casa,
Distante da vida que tinha
Pois era luz era espírito
Desceu para nos conduzir
Veio para compartilhar o amor
A ensinar a doar
A viver como irmãos
Sendo você um menino de luz
Nasceu como um simples mortal
Seu pai, um nobre trabalhador.
A sua mãe, uma virgem inocente.
Tão pura e bela como uma flor.
Que foi escolhida por ***DEUS***
Para ser sua mãe terrena, meu salvador!
Você veio, sim você veio a este mundo.
Para semear o amor, a paz a caridade...
Que pena!!! Que os homens não entenderam,
Transformaram tudo em dor.
Hoje vemos o seu nascimento ***JESUS***
Com muita luz, paz e amor.
Mas aqueles que o mataram
Continuam todos por ai
Causando grande dor
Matando muito inocente.
Causando a infelicidade
Tirando o direito da vida
Daqueles que começaram a viver
Tirando crianças inocentes
Almas carentes antes de nascer,
E acham que estão corretos
O pior e que ninguém quer ver para defender
E um abuso contra a alma humana
Que pena que ninguém vê
O mundo esta perdido,
Estão matando por prazer
E tantas coisas nesta vida
Que vejo e não posso mudar
É o motivo da minha tristeza.
Como posso ter alegria
Com estas coisas no meu pensar

 Nesta noite de Natal,
Eu parei para refletir
Sobre o mundo que me rodeia
E a minha missão aqui
Quero te pedir sabedoria
Para seguir na direção
Daquilo que me ensinastes
Para que eu possa ajudar esta nação
Faço parte deste povo
Que não aprendeu a lição.
Sou terrena sou humana
Tenho medo de falhar
Más preciso encarar a vida.
E seu ensinamento passar
Para ajudar o meu povo
E minha gloria alcançar.



Autora Nadir Vilela
(direitos autorais reservados)
Em 12-12-2005 Brasil-Itaitiaia-Penedo
Nadir Vilela Poetisa
Enviado por Nadir Vilela Poetisa em 12/12/2005
Código do texto: T84733

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nadir Vilela Poetisa
Itatiaia - Rio de Janeiro - Brasil, 52 anos
572 textos (84739 leituras)
63 áudios (23024 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:20)
Nadir Vilela Poetisa