Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DÚVIDA SISTEMÁTICA

A idade chega e avisa:
não nas rugas,
no corpo já não tão firme,
um pouco mais de celulite
ou você, não tão bonita
como em algum outro dia
no fim ou no meio da fita.
A idade chega
e já na curva apita.
Às vezes você não ouve,
ou disfarça, meio aflita.
A idade, feito couve,
mesmo quando bem feita,
solta um gosto meio amargo,
de quem tem a missa feita.
Você não vê o que olha,
enxerga o que ninguém vê,
o que você ouve não foi dito,
o que foi dito, quem lê?
A idade chega
cheia de “não acredito”.
E você, que entendia
de sonho rosa, todo bonito
entende agora de projeto, 
preto no branco,
“vamos ver”ou “eu duvido”.
Isso é ruim?
Sei não.
Vamos ver, 
não acredito.

Débora Denadai
Enviado por Débora Denadai em 17/01/2006
Código do texto: T100080

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora Denadai
Caracas - Distrito Federal - Venezuela, 54 anos
722 textos (154014 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:42)
Débora Denadai