Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

À MERCÊ

Com que cruéis brincadeiras,
criação e movimento,
tentam fieiras de estrelas
e à luz do sombreamento
desatam, n'alma,cadeias
das metáforas mais belas?

Onde, pergunto, onde,
está a mais densa beleza?
Num canto em que se esconde
a paixão da minha certezas?

Na história das sangrias
ou, no rolar sem destino
dos fluidos, desatinos
das marés e das feridas
em nosso abandono à sorte?
Talvez tentar fazer vida
como em linha de montagem
gente a virar viagem...
Resta por fim, a poesia
curto atalho que desvia
um certo encontro com a morte.
Elane Tomich
Enviado por Elane Tomich em 17/01/2006
Reeditado em 19/10/2013
Código do texto: T100117
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Elane Tomich
Teófilo Otoni - Minas Gerais - Brasil
319 textos (11467 leituras)
1 e-livros (126 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:47)
Elane Tomich

Site do Escritor