Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dia da Poesia.

Dia da Poesia.
 
Poesia na vida,
poesia na alma.
Vou lavar-me em tuas águas
e estarei limpa de tudo.
Das guerras, das tristezas,
dos amores não tidos e queridos,
das pessoas que amei e partiram,
para o além...
 
E, querem saber porque faço poesia...
Saberei eu?
Faço-a , porque ela me nasce n'alma,
como neste momento,
em que sozinha estou.
Ele e eu.
Ele a inspirar-me a compor
esses versos que não são meus.
 
Poesia, Poesia.
eu a amo!
Eu a amarei sempre,
enquanto vida tiver.
Falarei sobre ti,
minha Musa,
meu Amor,
meu Oceano, Lua e Estrela,
pois simplesmente és Poesia
e Poesia é só amor.
 
Quero cantar-te no Olimpo,
sem pretensão,
com alaúdes, cítaras e harpas
que me farão escutar sons celestiais,
pois estás comigo, estou contigo,
num dueto só de amor,
para sempre,
 pois Poesia,  és o meu Grande Amor !
 
Eda Carneiro da Rocha
"Poeta Amor"
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Poeta Amor
Enviado por Poeta Amor em 06/04/2005
Código do texto: T10051

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poeta Amor
Araruama - Rio de Janeiro - Brasil, 81 anos
398 textos (14776 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:44)
Poeta Amor