Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CAMINHOS.

Eis me aqui,
Sedento.
Poeirento,
Uma Companheira,
Uma estrela só.

Eis me aqui a seguir,
A estrela Polar;
Quem a segue,
Que alguém com eu,
Com seu inscrito nome,
O diário de uma mulher,

Sentido a sorte,
Uma paixão eterna,
Que nunca terá fim,
Infindo.

Com minha vida,
Fiz como uma aranha,
Fez a sua teia,
Emaranhados os caminhos,
(A aracnicultura fez-me sábio,)
Jamais voltar.

Norteia,
Moção,
Comoção,
Como os caminhos,
Como os ventos alísios,
Do norte,
Infindo.
Ilimitado.

(D’Eu - A.V.C. – 23/09/04 )
Sidnei Levy
Enviado por Sidnei Levy em 06/04/2005
Código do texto: T10063
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sidnei Levy
Campinas - São Paulo - Brasil, 71 anos
298 textos (20816 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:54)
Sidnei Levy