Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESEJO

Se o meu verso lograr acolhida
Num seio, num colo que o conforte,
Encontrarei a paz na minha morte,
E partirei sem mágoas desta vida.

Como vês..., é pouco o que desejo:
Um abraço, um mimo, um carinho...
E com certeza, ao partir sozinho,
Tua lembrança será o meu cortejo

Não creias..., não te estarei deixando...
Quando noite, hás de me ver brilhando
Em cada estrela do Universo...

Se a bruma descer com o seu manto,
Não te deixes prostrar por teu espanto...
Tu me terás contigo no meu verso!
Valdez de Oliveira Cavalcanti
Enviado por Valdez de Oliveira Cavalcanti em 17/11/2004
Código do texto: T101
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Valdez de Oliveira Cavalcanti
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 73 anos
22 textos (6687 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/16 19:00)