Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO MAIS MENINO

NÃO MAIS MENINO


Hoje, outro dia,

Minha cabeça roda

Talvez seja o excesso de alegria

Vibrações a toda

E eu rezo para que não canse tanto

Há horas para um suspiro calmo

Não posso deixar tudo jogado a um canto

No caminho há cada passo eu clamo

Minha própria resistência

Não mais menino

Novo só os liames da minha consciência

Ainda não um sábio ancião

Sabedor do vário destino

Ele se estende, eu acho que murcha, o coração...

Mas, são coisas de mim mesmo

Não é a depressão que me derrota

É só minha inquietação, minha falta de calma

Às vezes a dor de uma lembrança remota

Linhas invisíveis que cercam minha alma

Um dia estarei livre sim, de tantos eus

De tantas pedras e coisas que parecem brilhar

Ai eu serei um com o meu Deus

Não sei o nome do paraíso, mas este é o meu lugar

Não terei casa para morar, mas estarei presente

Não serei dono de nada mais

E nada acorrentará minha mente

Que observará o silêncio e o movimento da paz.

Walter BRios
03/01/2006
Walter BRios
Enviado por Walter BRios em 20/01/2006
Reeditado em 21/04/2006
Código do texto: T101272
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Walter BRios
Salvador - Bahia - Brasil, 61 anos
358 textos (13845 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:55)
Walter BRios