Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"A NATUREZA CHORA"

A natureza chora,
e o homem explora...
Como se não houvesse amanhã;
E esse homem, que hoje a explora
amanhã chora;
pela sua ignorância de hoje...
A falta de razão agora,
desse homem que a explora
são as lágrimas dos seus filhos, amanhã;
hoje as matas e as montanhas choram
pelos seus rios que não vigoram...
Pela ganância tua;
tirou o brilho da lua...
Deixou os céus sem explendor;
ah! Como é grande essa dor
por ver a natureza ferida...
É o grande golpe da vida
onde a insensatez fala mais forte,
comparando o sul e o norte
num destemperamento constante;
e como fazemos agora?
Para acudir, essa natureza que chora!


Autor: Antonio Hugo.
 
Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 20/01/2006
Reeditado em 22/10/2016
Código do texto: T101366
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Antonio Hugo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
3870 textos (257172 leituras)
185 áudios (36329 audições)
9 e-livros (7402 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:38)
Antonio Hugo

Site do Escritor