Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Melancolia...

Em papel perfumado meu poema desliza, em flor de maracujá se abrindo em exóticas cores, misteriosas curvas sedentas, palavras ocultas vagando na mente.
Mapeando corações, divagando nas entrelinhas, formosura das noites enluaradas, a nos espiar.
Nossas aspirações profundas, desejos num breve amarfanhado enlace.
A chuva e o vento balanceiam corpos, no triste poema, lançam redes ao mar, pescando emoções.
Circula em mim, envolto em lágrimas as algemas do amor, queimando cada centímetro meu.
O choro quente desce, crucificando minhas dores, gotas pingam no solo, o céu revela em densas nuvens.
Melancolia na luta desigual foram-se os anos, serena névoa do meu pensar, bebe o cálice amargo, desfalecida no meu silêncio.







Escrito em: 20.01.2006
Por Águida Hettwer
Águida Hettwer
Enviado por Águida Hettwer em 21/01/2006
Código do texto: T101701

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Águida Hettwer
Sapiranga - Rio Grande do Sul - Brasil, 42 anos
1260 textos (116575 leituras)
15 áudios (2140 audições)
6 e-livros (2257 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:28)
Águida Hettwer

Site do Escritor