Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Sonhadora

A Sonhadora

Guardaste a maciez de teus lábios,
para o mestre,
que chegaria de um mundo distante.
TOLA !
Perdeste a melhor época de
tua existência.
Só para cultivar a idéia
de que a entrega seria
perfeita.
POBRE COITADA !
Hoje só o que restou,
foi o amargor,
vindo da alma que,
Impregna teus lábios macios.
Nunca tocados e,
Hoje repelentes.
Leila Brito
Enviado por Leila Brito em 07/04/2005
Código do texto: T10171
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Leila Brito
São Paulo - São Paulo - Brasil, 39 anos
59 textos (5416 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:43)
Leila Brito