Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

         
                VIA LÁCTEA PAULISTANA




Sigo de perto os rastros dessa Lua,
Meio minguante,
Fatia de ornamento em céu oriental,
Companheira das tintas de Magritte
Entre arranha-céus semi-apagados.

Meu olhar se deita em seu colo curvo
E se derrama longe
Por sobre a via-láctea paulistana.

No céu de notas de blues
Há estrelas...
Brumosas,
Opacas,
Tímidas,
Pálidas,
Melindrosas,
Asmáticas,
Heroínas do século romântico...
Incertas como incertas são as vias da vida,
Raras como raras são certas mulheres,
Sonâmbulas como  ilusões que nos interrompem o sono...
E o embalam.

Visto uma camisola fina,
Esvoaçante como sonhos,
Aromática de sândalo,
Deixo uma fresta na janela
E pinço com os olhos um vão do firmamento
Onde amores estelares e lunares acontecem,
Onde a Loba-Lua uiva de paixão!

Aqui,
Num quarto desta São Paulo,
Também há estrelas...
Purpurinas de neón e leite
Que se talham sobre minha cama.





ISão Paulo!

foto: Thierry Cohen (5/6/11)
KATHLEEN LESSA
Enviado por KATHLEEN LESSA em 22/01/2006
Reeditado em 30/08/2014
Código do texto: T102261
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
KATHLEEN LESSA
São Paulo - São Paulo - Brasil
3682 textos (2129536 leituras)
14 áudios (7338 audições)
36 e-livros (47493 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 07:56)
KATHLEEN LESSA