Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

diálogo entre mim e eu-mesmo

Veja!
Você ainda está vivo
Mesmo com tanta sofreguidão
Você chegou até aqui vivo
Saiu do seu refugo

Sinta!
Finalmente deixou toda isenção de lado
Deixou a sensatez pros humanos
Resolveu não acreditar em mais nada
Parou pra se perguntar,
e viu nada aquilo fazia sentido

Arrisque-se!
Pra que pôr mais sentido à sua vida?
Já não colocaram demais quando você nasceu?
Ou será que foi você que sempre quis?
Agora, não importa mais
O vento sopra e eu respiro
existencialista
Enviado por existencialista em 22/01/2006
Reeditado em 04/12/2014
Código do texto: T102426
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
existencialista
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 30 anos
106 textos (4852 leituras)
1 áudios (27 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/04/17 00:54)
existencialista