Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vendo vida como lagartixa



Vendo vida como lagartixa
Por trás do quadro à espreita
Cortada ao meio renascida
Renascida a correr
Trás os quadros
Desconhecendo tintas

Vendo vida como lagartixa
Gélida pele asperenta
Arrastando útera parede
Parede no útero arrasado
Gélida pele assustada
Marcando imóvel presença

Vendo vida como lagartixa
Faminta e ingênua
Deleitada tão iludida
Ceia noturna
Ingênua de saborear
Uma grande barata cascuda.

Paula Cury
Enviado por Paula Cury em 23/01/2006
Código do texto: T102801

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Paula Cury
São Paulo - São Paulo - Brasil, 47 anos
114 textos (8469 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:43)
Paula Cury