Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Louca tortura

 

Meu amor se enternece

Apesar de tantas vezes se aborrecer

Não importa que você de tudo esquece

Não percebendo quando me fazer sofrer...

 

Sigo, persistente em direção ao infinito

Que acolhe meu amor sem mais receio

Deixa meu coração eternamente aflito

O fato de portar-se sempre alheio

 

Mas nada há que interrompa meu querer

Nem mesmo eventual ingratidão

Amor é sentimento que não se deixa abater

Que pulsa constante a emoção

 

Penso que nasci apenas para amar você

Independente de sua reação

Minha alma é fiel em seu proceder

Distraindo-me nas artimanhas da ilusão

 

Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 08/04/2005
Código do texto: T10292
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215177 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:31)
Priscila de Loureiro Coelho