Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem nada para dizer (Délcio e Andiroba - 2003)

Silencio. Por horas olho o céu,
Acompanhando o movimento das nuvens
Como ondas azuis do oceano,
Ou como o vento deitando os trigais.
Sem nada para dizer, deixo o tempo passar
Enquanto o mesmo vento acaricia meus cabelos.
 
Silencio. Por horas não sinto,
Acompanhando o vazio do ar
Como flores levíssimas do céu
Ou como o vácuo enchendo o infinito.
Sem nada para dizer, deixo o tempo passar
Enquanto o mesmo nada acaricia meus pensamentos.
Délcio Mores
Enviado por Délcio Mores em 24/01/2006
Código do texto: T103103
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Délcio Mores
Guarapuava - Paraná - Brasil, 51 anos
101 textos (11835 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 16:03)
Délcio Mores