Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Como se não bastasse todos os cheiros...

Como se não bastassem todos os cheiros
Todos os sabores, amores & paladares,
Como se não bastasse toda a conversa
A delicada precisão do seu toque
Vem de longe a saudade
E todo o prazer que você se sente
Quando se aproxima, quando toca,
Quando lê espantada mais uma linha
Deliciando-se com tantas palavras jogadas
Amando cada momento passado juntos
Tomando meu café, minha bala, meu cigarro,
Arrumando gelo no copo, & esperando indicar um lugar na mesa,
Pegando quantos açucares forem preciso no nosso café
Pedindo o mascavo que eu gosto & você também
Esperando eu chamar para ir embora
Como se mais nada tivesse que esperar lá fora
Torcendo pela ligação de sábado que nunca acontece
E quando acontece nem pode atender
Sabe que somos quase únicos
E se espanta com as atrocidades lá fora
Eu também, mas conhece elas mais de perto,
Nem por isso deixo de olhar a vida com bons olhos
Eu sou feliz, & você fica também,
Eu amo & você também
Por isso estamos nessa viagem.
E ela nunca vai ter fim...

Peixão89
Deixas – 1998-2000
Peixão
Enviado por Peixão em 08/04/2005
Reeditado em 21/08/2009
Código do texto: T10402
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120251 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:11)
Peixão