Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NOTURNO AFLITO

NOTURNO AFLITO

 
Há um silêncio devastador
sem poemas nem fonemas.
 
Há ruínas circulares
sem cores, dores, amores.
 
Há um noturno aflito
sem estrelas nem luares.
 
Simplesmente há um nada
em que nada há!

___________________
JF/MG-26/01/06-18h
Maria Thereza Neves
Enviado por Maria Thereza Neves em 26/01/2006
Código do texto: T104328
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Thereza Neves
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
3341 textos (90991 leituras)
6 e-livros (224 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 20:21)
Maria Thereza Neves