Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Canções de Ternura


Na avenida das borboletas
A esquina dos pássaros
É uma linda fala no jardim
Onde rascunho de Sol é lâmpada
E casa de mariposa é luz.


Luz da fala no jardim
Porque relevo de poeta são palavras!

E canções de ternura
São gestos de poemas
Feitos de borboletas, gorjeios e Sol.
Ruberval Cunha
Enviado por Ruberval Cunha em 27/01/2006
Código do texto: T104688
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ruberval Cunha
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 43 anos
76 textos (6653 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:45)
Ruberval Cunha