Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Decifrando o enigma

Quem tu és?
Alienígena, infante
homem importante
nascente ou vazante
que arrisca na vida a sorte
querendo o tudo entender?

Quem tu és?
Lunático entre nuvens
Astro de brilho constante
Riso de lábios cerrados
Tateando o abismo de tudo?

Quem és tu, que se esconde
Na vírgula, no ponto, entre aspas
Mas tua alma está à mostra
Nas entrelinhas da escrita?

Eu sei quem és tu.
Tu és o Sol que invade
a escuridão dos cômodos
pelas frestas, pelas grades
e fotografa o instante.

Tu és mais. És o grito na mordaça
que perfura o tempo e mostra a farsa
de almas impuras, eu sei.

Tu és a curva da estrada
que alguns temem, como ninguém
Porque tu sinalizas os atalhos
dos que roubam, matam, estraçalham
travestidos de poder.

Tu és o sorriso do vento
que brinca entre os cabelos...
Esparramando as folhas versadas
tu és Poeta também.

Tu és o lápis na orelha
O cigarro no cinzeiro...
A verdade nua e crua
é que tu és um Poeta, que eu sei.
Dora Leal
Enviado por Dora Leal em 02/01/2005
Código do texto: T1047

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Dôra Leal). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dora Leal
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
501 textos (25389 leituras)
1 e-livros (38 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:41)
Dora Leal