Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A TI...




A ti que nesta noite
Estás sozinho...
 Sentes o coração apertar,
Uma tristeza invadir tua alma...
A ti...
Escrevo estas linhas,
Pois como tu,
Eu me sinto assim...
Tão só...Deprimido...Ausente...
Com a falta d’algo,
Sem saber ao certo o quê.

Só tu me compreendes,
Pois temos os mesmos sentimentos;
Angústia, melancolia...
Uma vontade imensa de chorar...
Em contrapartida,
 Meus olhos estão secos.


Eu...Tu...Muitos outros neste mudo
Dividimos a mesma companheira:
Solidão!


A ti...
Eu digo que
Quando a vida surge
Cheia de entusiasmo
Sinto a esperança invadir meu ser.
A natureza torna-se mais viva.
As pessoas mais amigas...
É o milagre da vida que ressurge.
Precisa ser preservado;
Pois não há
Nada mais belo
No mundo, que,
A vida!

 Denise






Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 09/04/2005
Código do texto: T10492

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
11345 textos (916682 leituras)
16 áudios (8882 audições)
311 e-livros (34109 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:27)
Denise Severgnini