Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A eternidade de cada dia


No alvorecer do meu olhar
Rebrilha o lume da saudade
Há sentido nas palavras não ditas
Que te confessam em meus silêncios
Permanece o teu sorriso em meus lábios
Devolvendo-me a realidade do sonho
Abraço-me a este momento
Vivendo a eternidade de cada dia
É preciso que te fale
O que me move nesta manhã
Em que a ternura me sorri
Quando me envolves em lembranças
Não sei o que me dirias
Ao me vires tão tua
Os olhos a deslizarem mansamente
Buscando carícias em tuas mãos
É do sentido inequívoco da tua falta
Na nudez mais explícita da solidão
Que floresce o meu amor
Nesta manhã ensolarada de desejos...

Fernanda Guimarães
www.fernandaguimaraes.com.br
Fernanda Guimarães
Enviado por Fernanda Guimarães em 29/01/2006
Reeditado em 25/08/2008
Código do texto: T105573
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Guimarães
Fortaleza - Ceará - Brasil
430 textos (64374 leituras)
9 áudios (1782 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:34)
Fernanda Guimarães