Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NOITE


Sirenes soam
Ao longe.
Gritos de pavor
Denunciam a maldade.

Sexo animal.
Violência natural,
Contra o corpo
Contra a vida.

A cor do alívio
É branca.
E a paz se perde
Entre cirandas de fumaça.

A pele sofre
De prazer,
E a mente cria
Fantasias mil.

Olhos de fogo.
Sonhos psicodélicos.
O mundo
É seu.

Amores periódicos :
De hora em hora.
Uma paixão
Em cada esquina.

Jornadas etílicas.
Balas perdidas.
E a noite,
está apenas começando.
Gustavo Marinho
Enviado por Gustavo Marinho em 29/01/2006
Código do texto: T105676
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gustavo Marinho
Maceió - Alagoas - Brasil, 40 anos
82 textos (9807 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:35)
Gustavo Marinho