Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INFERNO

Nos barrocais profundos do meu ser
Vicejam sonhos, ambrosias, versos;
Bagas tristonhas, pesares diversos...,
Luzes e sombras, querendo viver...

Das saturnais, que da pletora vibram,
Meu coração se perde na torrente...,
Desiludido, só, indiferente...
A solidão, as dores me equilibram...

Ouço cantigas, marulhar de amores,
Como promessas, lúgubres favores
Do teu eterno beijo, beijo terno...

És o meu sonho, mágoa, andorinha...,
Meu passarinho..., doce alma minha...
És paraíso, és o meu inferno!...
Valdez de Oliveira Cavalcanti
Enviado por Valdez de Oliveira Cavalcanti em 17/11/2004
Código do texto: T106
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Valdez de Oliveira Cavalcanti
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 73 anos
22 textos (6687 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/16 10:55)