Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BOA NOITE SOLIDÃO


  Boa Noite Solidão.
  Entra. Fica à vontade!
  Elegantemente vestida de discrição
  Tu, paciente sabes ouvir meus lamentos.

  Vem Solidão. Sê bem vinda!
  Estamos a sós. Tu e eu.
  Como boas amigas, confidentes somos.
  Afinal, íntimas, acostumamo-nos uma a outra.

  Quando todos vão embora, a casa fica vazia.
  Aí tu te mostras, e saindo das sombras,
  Sagaz, aproxima-te de mim, e me dá o teu abraço.

  Senta-te ao meu lado, não te mostres tímida.
  Chega-te Solidão! Você vem e tudo fica perfeito, tudo bem.
  Na tua calma... Ouço o teu grito.
  Entra Solidão. Fiel amiga.

  No escuro quarto, onde tua presença é distinta!
  Nesse fadado silêncio converso contigo.
  Tu me ofereces teu colo pro descanso.
  Logo o sono chega. Em teus braços eu adormeço...
  Boa Noite Solidão.
Aurinete Alencar
Enviado por Aurinete Alencar em 30/01/2006
Código do texto: T106193
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aurinete Alencar
Campina Grande - Paraíba - Brasil
72 textos (6171 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 15:06)
Aurinete Alencar