Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0229 - Corpos e loucuras


 
Em seu corpo um céu, dois infernos,
estrelas e mar,
ondas quentes por debaixo da pele,
acima, paixão que transpira desejos,
no sorriso de menina... carinho.
 
Quero montes arredondados, um de cada lado,
entre montanhas, seu colo com risca lisa,
mostrando marcas de mãos, todas minhas,
dos sabores, gosto do beijo,
do meu carinho, do meu corpo que fica no seu.
 
O que mais marca são nossos toques,
aquele silencioso,
deliciosamente cúmplice,
estive em você, senti seu calor por dentro,
mistura de doce e salgado que vem do tesão.
 
No corpo tatuagens falam de amor,
como se diz... como se sente...
ficam no coração mais fortes ainda,
algumas são eternas, são enraizadas,
outras são saudades de você no meu abraço.
 
De tudo, o que me marcou foi o beijo,
quando as bocas se encaixam,
as línguas, o tronco, as mãos, as pernas...
depois o sexo no sexo,
com gosto de gente, nosso... de amante.
 
Deixo meus desejos queimando dentro de você,
fogo em forma de êxtases,
até que todos os gozos venham e explodam,
é tudo que falta dentro d'alma,
lá no fundo, bem no fundo das nossas loucuras.
 
15/04/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 10/04/2005
Código do texto: T10641
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116249 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:22)
Caio Lucas