Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

(RE)VELADOS VÉUS

Véus
cobrem a alma
revelam
a quem tem calma
velados mistérios,
desveladas rotas.
Não 
a inteiras frotas
mas
a solitário viajante
desvelado amante
a velar-lhe as portas.
(Des)velado véu
que a alma adota,
(re)velado o céu,
abertas as portas,
aveludado véu
em lençol se molda.
(Re)velados véus,
veludosas vozes,
(des)velado amor
sem véus a tecer,
delicado prazer.



Débora Denadai
Enviado por Débora Denadai em 31/01/2006
Reeditado em 31/01/2006
Código do texto: T106468

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora Denadai
Caracas - Distrito Federal - Venezuela, 54 anos
722 textos (154018 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:28)
Débora Denadai