Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O DOCE DA VIDA

Certos dias
Somos a perfeita oratória
Vocabulário denso
Todos os sinais de pontuação.

Outras vezes
Estamos reticências...
Encontros vocálicos
Sem consoantes,
Até monissilábicos.

Muitas, porém,
Somos sopa de letrinha
Se ordem e sem nada.
Mensagem nenhuma.

Às vezes, vírgulas,
pontos sem exclamação.
Uma vida sem exclamação
Fica esquisita.
Sem supresa, sem festa,
Sem alegria.

Sem contar
Quando somos interrogação
Pegando pesado
Dando no saco
Até de nós mesmos.

Quem dera viver
Num equilíbrio
Entre as vogais e as consoantes
Entre os pontos, pontos e vírgulas,
Reticências, exclamações,
Interrogações moderadas,
Porque muita pergunta
Também tira um pouco do doce da vida
Que se faz mais doce
Quanto menos entendida.
jose antonio CALLEGARI
Enviado por jose antonio CALLEGARI em 31/01/2006
Reeditado em 31/01/2006
Código do texto: T106494
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
jose antonio CALLEGARI
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
475 textos (25275 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:05)