Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DAMA DE GELO


                                 à Silmara Mendez



Não me congele com seu olhar
Conte-me histórias de amor
Aquece minha cama até eu acordar
Quebre o gelo dessa dor

Vamos jogar dama com os cubos do uísque
Fazer de tabuleiro a cocha de retalhos
Contar nossas aventuras num risque-e-rabisque
A natureza não congela seus orvalhos

Escute e veja este meu apelo
De que do frio corre
Com todo desespero

Com essa temperatura se morre
Dama de gelo
Dei-me um beijo. Congele meu olhar. Me socorre.



Fábio Marfê
Enviado por Fábio Marfê em 31/01/2006
Reeditado em 01/02/2006
Código do texto: T106589
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fábio Marfê
São Luís - Maranhão - Brasil
164 textos (4188 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:16)
Fábio Marfê