Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

E agora o poema Tua ausência...

Amanheci triste, outra vez,
cheia de agonia e saudade
Saí, corri.
Enxuguei lágrimas furtivas.
Fingi estar bem.
Anoiteceu...
e lá estava ela, outra vez,
imensa e indisfarçável :
tua ausência !


Flor de maçã
Enviado por Flor de maçã em 10/04/2005
Código do texto: T10682

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Flor de maçã
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
58 textos (7138 leituras)
3 e-livros (246 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:16)
Flor de maçã