Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tradução de nós.



Vou bebendo as sobras que ficam

Do que sinto e você alimenta.

Vou pra aí num segundo

E a gente faz loucuras lá no sim.

De amor sincero, bagagem,

Corpo suado, pecado perdoado,

Em lençóis crus antes de nós.

Isso não passa, doença de época,

Fim de mundo, início de tudo.

Performance garantida, cheiro bom,

Aceno de inocência quando nos juntamos.

Tesão acompanhado, bocas nuas,

Contorcidos prazeres, gemidos ouvidos,

Liberdade na espera e ficamos mesclados,

Felizes pespontos mais uma vez,

Costura múltipla, linha de pesca,

Linha de novelo, de carretel a empinar pipa.

Ares de sais-sinais, naturais,

Famélicos humanos-animais no cio

Em noite cheia de fumegante troca-entrega.
Eliane Alcântara
Enviado por Eliane Alcântara em 01/02/2006
Código do texto: T106849
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Eliane Alcântara
Lajinha - Minas Gerais - Brasil, 43 anos
177 textos (8649 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 10:58)
Eliane Alcântara