Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vida dupla!

Vida dupla!


Quando nos emaranhamos em nossa cama,
e amarfalhamos o lençol, o edredom e tudo nela,
qual não é a sensação estranha,
a estar-se a deitar-se contigo, sentindo a outra,
cujo amarfalhar é diferente deste!
Meu corpo grita desejos insanos,
quando invisto a seus seios,
que se abrem amendrontados ao meu toque,
enquanto os outros não se contentam de arrebatamento!
Que loucura, esta em meu peito,
amor sem jeito e sem medida,
dois amores tão diferentes,
aos quais não abro mão nesta vida!
Que loucura o meu beijo,
que lhe beija com o gosto d'outra boca!
Que diferente teus abraços,
que me abraçam titubeantes,
enquanto o outro abraço, me abraça com força de cárcere!
E as palavras que trocamos...
Quantas não passam de ecos,
doutras palavras que trocamos,
eu e a outra noutro espaço!
E tudo parece ser tudo o mesmo,
e tudo diferente parece!
Vida dupla que vivemos...
Ah! Se tú soubesses...

29/01/2006
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 01/02/2006
Código do texto: T107003
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 55 anos
1727 textos (173718 leituras)
23 áudios (10645 audições)
35 e-livros (8978 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:43)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor