Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PEDRA FILOSOFAL.

Minhas narinhas alérgicas
Não agüentam mais
Meus olhos míopes
Estão doendo
Minha voz rouca
Já falou demais
Meu corpo vai definhando
Desgastado com tudo.
Mas, algo inusitado ocorre em mim
Uma regeneração bacteriana
Multiplicando as forças
Quando sento-me a escrever.
Bem dito meus pais
Dentre os demais
Que alfabetizaram a mim,
Instrumentalizando este corpo débil
Com a "pedra filosofal",
Meu elixir da longa vida:
A consciência da eterna ignorância
Que me faz constante
Na busca por aprender.
Por conta disto,
A cada ano sou mais menino.
A cada ano vou "crescer".
jose antonio CALLEGARI
Enviado por jose antonio CALLEGARI em 02/02/2006
Código do texto: T107113
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
jose antonio CALLEGARI
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
475 textos (25271 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 06:02)