Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A queda das chaves

Era um absoluto silêncio
Todos aproveitavam o silêncio absoluto
Que reinava nas casas e propagava paz
Era a hora da tão desejada paz
Mas o molho de chaves caiu ao chão
Rompendo a barreira do silêncio
Estimulando nossa força de vontade
O som agudo e de longo alcance
 Fez tremer todo o prédio
Abalou a construção
E o mundo de silêncio absoluto
As reclamações resultaram inúteis
As bocas falaram no cair das chaves
Um som indistinguível entrava pelo nosso ouvido
E prendia nossa atenção
Mas as chaves foram retiradas do chão
Todos esqueceram as chaves
E voltaram ao silêncio
E quão confortável era o silêncio
Gustavo Chaves
Enviado por Gustavo Chaves em 02/02/2006
Código do texto: T107221
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gustavo Chaves
Mundo Novo - Bahia - Brasil, 27 anos
17 textos (830 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 19:55)