Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tempos e tempos...



Tempos e tempos após a minha vinda,
não tinha idéia sobre a minha vida,
nem por quê era, o que era,
sem aminima idéia do que seria um dia!
se bonito, ou feio...
se alto, ou magro,
se inteligente ou obtuso,
se algo mais seria...
Tempos e tempos passados-
ante tanta duvida e ilusões,
perdidos...
Vou seguindo no caminho,
trilhando estrada após estrada, feitas pela vida!
Em passos firmes e decididos!
Tempos e tempos passados,
em escrever a própria vida,
pude ver a alma que me anima,
-Uma visão pálida ainda!
Pude escrever nas areias do tempo,
impressões que d'outra forma seriam prematuramente perdidas...
Hoje, não me preocupo em ser o que não sou,
Nem de imaginar o que seria!
No cadinho que me forjaram,
jogaram gotas de encantamento,
meu pensamento esta sempre prenhe de minha vida!
-Estou sempre grávido de mim mesmo!
È este meu pensamento que me dá asas,
pouso como um pássaro, em diversas casas,
e meu canto/encanto/poesia
vou deixando em cada estada!
Hoje vejo que nem preciso de estradas,
onde consumiria as minhas pegadas,
para seguir a minha sina,
quem me fez havia me dado asas,
e eu cega/mente nem as percebia!

02/12/2005
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 02/02/2006
Código do texto: T107222
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 55 anos
1727 textos (173768 leituras)
23 áudios (10650 audições)
35 e-livros (8978 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:12)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor