Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FIM DE CASO

Eu falhei,
o amor foi pouco,
o grito foi rouco,
o pensar, tão louco.
Eu errei,
amei sem escusas,
rasguei minha alma,
intacta a blusa.
Eu tardei:
perdi a hora,
contei os minutos,
paguei juros e mora. 
Era tarde demais
e grande a demora.
Eu falhei,
eu errei,
eu tardei.
Fim de caso,
triste memória.
Nem sei se fui eu,
se houve história. 
Não busco glória,
não sou museu. 
Vivi, eis tudo.
Noves fora, eu.



Débora Denadai
Enviado por Débora Denadai em 02/02/2006
Código do texto: T107340

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora Denadai
Caracas - Distrito Federal - Venezuela, 54 anos
722 textos (154020 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:19)
Débora Denadai