Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Objeto de desejo

Tenho a mente pervertidamente ansiosa de desejos

Vêem em ondas...

...num turbilhão infindável de pensamentos

Impossível acompanhar escrevendo

... muito se perde

Uma questão se depara:

- Qual o meu real objeto de desejo?

Amor?... Talvez!

Universal!

Sim, porque não encontro palavra para definir o amor que

preciso, anseio, desejo

Um eterno se dar... um constante sentir... um instante gozar

... num momento, admirar

Um sempre, AGRADECER!

- Vem amor que te preciso!

- Sofro sua falta e a angústia de não saber quem és

- Que estará fazendo agora? Te quero tanto!

Só penso em você, quem é você?

Respostas às minhas perguntas? São tantas!

Respostas precisam ser sentidas para serem aceitas como tal

Quero sentir você, tocar seu corpo

Pulsar nossos corações numa mesma sintonia

Sentir arrepios de afeto

Sorrir e chorar sem porque

Me entregar, me render

Acordar de manhã e ver o Sol

Sentir seu calor

Me alimentar de sua luz

No poente, fazer amor

E por fim... adormecer!

cacaubahia
Enviado por cacaubahia em 04/02/2006
Reeditado em 17/08/2009
Código do texto: T107828

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
cacaubahia
Londrina - Paraná - Brasil, 56 anos
334 textos (36457 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:19)
cacaubahia