Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CALEIDOSCÓPIO

Busco prazeres que nunca senti
Evito afazeres que me façam sentir
Como uma máquina programada.

Busco palavras para expressar esse momento
Evito batalhas que me façam perder o tempo
De dizer o quanto essa intriga não vale nada.

Busco amores que me completam
Evito dores que afetam
A minha alma repleta de cicatrizes.

Busco horizontes para conquistar
Evito beber da fonte que faz secar
Meu corpo inteiro – são águas infelizes.

Busco o infinito
Evito o que é limitado.

Busco o “éter”
Evito a cicuta.

Busco o elo
Evito dogmas.

Busco o surreal
Evito o rotineiro.

B
U
S
C
O
EVITAR
V
I
T
O
BUSCAR o que não me completa.

Sou enfim um explorador de mundos desconhecidos,
A cada piscar de olhos um mundo novo se forma,
O que eu buscava e evitava agora é diferente
A realidade muda a cada instante, é inevitável, é de repente.

05/02/06
Miguel Rodrigues
Enviado por Miguel Rodrigues em 05/02/2006
Código do texto: T108254
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Rodrigues
Barueri - São Paulo - Brasil, 33 anos
1432 textos (42638 leituras)
6 e-livros (1681 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:45)
Miguel Rodrigues