Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Doce Ilusão

Nuvens –
Para que são elas,
Se ninguém pode tê-las?

Chuvas –
Para que pará-las?
Para que as telhas?

Rios –
Para que seguí-los,
Se voltam para o mesmo lugar?

Mares –
Para que cruzá-los,
Se só é preciso navegar?

Flores –
Para que colhê-las?
Para que jogá-las num caixão?

Aves –
Para que prendê-las
Se, sem asas, nunca voarão?

Montes –
Para que tão altos
Se não existem gigantes?

Homens –
Para que criá-los
Se eles morrem
(ou se matam)
No mesmo instante?

06 de fevereiro de 2006
Teco Sodré
Enviado por Teco Sodré em 06/02/2006
Código do texto: T108585

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Teco Sodré
Salvador - Bahia - Brasil, 38 anos
274 textos (12536 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:34)
Teco Sodré