Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AR DA VIDA

As aragens por entre as aroeiras
As mornas correntezas prazenteiras e prazerosas
As lufadas de ar quente que ululam sob a lua que alenta e acalenta
As brisas que abraçam e me botam bruto, em brasa.
Os ventos que vem e que vão...Os violões e os vilões violeiros...
As tempestades intempestivas que se nos interpõe
Os tufões que retumbam intangíveis
Os furacões aterrorizantes
Ai...da vida sem o vento que abraça todas as folhas do mundo
Ai... da vida sem o vento que despenteia teus cabelos
Ar da vida!
Sigmar Montemor
Enviado por Sigmar Montemor em 07/02/2006
Código do texto: T109063
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sigmar Montemor
São Bernardo do Campo - São Paulo - Brasil, 52 anos
1762 textos (285447 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:48)
Sigmar Montemor