Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"NÃO EXISTE IDADE"

Daquele jovem galante
que eu fui um tempo atrás,
a diferênça é a prova do tempo
que está presente no meu rosto,
no meu jeito de falar, de agir...
de caminhar; Pois hoje,
os meus passos são mais lentos, 
a minha voz mais calma;
E hoje eu penso pra falar.
Ah! Bons tempos aqueles...
que passaram! Onde eu era,
um aluno da vida, rebelde talvez,
mas com vontade de viver;
É que hoje vivo comparando 
o passado, hoje eu sou melhor
que antes; Pois aprendi muito mais,
hoje eu entendo a euforia de um jovem,
pois eu já fui um, mas amo,
com a mesma intensidade;
Pois não existe idade para amar,
não existe idade para sorrir,
não existe idade para sofrer,
não existe idade para ser feliz,
não existe idade para viver,
não existe idade para ser um bom aluno;
Não existe idade...para morrer!
Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 09/02/2006
Código do texto: T109709
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Antonio Hugo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
3870 textos (257143 leituras)
185 áudios (36329 audições)
9 e-livros (7402 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 07:50)
Antonio Hugo

Site do Escritor