Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Teimosia


Escrevo uma poesia
     escrevo o abstrato, o indizível
indescritível, inacessível a razão.
É notória a sua teimosia
                  em não acreditar no poder das palavras
É antes de tudo uma insensatez
       Violenta e feia que não combina com a sua tez
Alva, lisa e suave.

E assim ficamos
contrariados.
E assim deixamos
            Mais uma tarde de céu nublado.
A lua assim como você
            Preferiu não se mostrar, usando as nuvens como um véu,
Para cobrir-se da vergonha que passou ao desafiar
o sol.

  Duvidou que ele aparecesse naquele dia,
Não só apareceu como me inspirou a escrever essa poesia,
E assim quem sabe acabar com essa sua teimosia.

08/02/06
Miguel Rodrigues
Enviado por Miguel Rodrigues em 09/02/2006
Código do texto: T109727
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Rodrigues
Barueri - São Paulo - Brasil, 33 anos
1432 textos (42646 leituras)
6 e-livros (1681 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 16:58)
Miguel Rodrigues