Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Apreciações diversas

I

Olhar janela a fora
Toda a beleza construída
A pureza do teu concreto
O azul de tua piscina
O almejado cinza do teu céu
Apreciar demoradamente teu verde
Das quadras de tênis talvez
Toda a luminosidade elétrica da tua escuridão
Da tua destruída escuridão natural
Entregar-se à tua vaidade
Impura e devastadora
O canto dos pássaros suprimidos
A excentricidade comum
Do silencio do teu centro
Caídos, alcoolizados te renegam
A urbanização imposta
Tão aceita e venerada
São observações de uma noite não calada.

II

Quero agora verde puro natureza
Quero apreciar a tua obra
A magnitude da aurora
Crepúsculo do amanhecer
Sem fumaça
E sim neblina exposta
Do amanhecer que chega timido
Grandiosidade insuficiente
Insuficientemente aproveitada
Por aqueles que o concreto
Construiu, reconstruiu
E, então, reforma.

Salvador, janeiro de 2006
Gustavo Chaves
Enviado por Gustavo Chaves em 10/02/2006
Código do texto: T110100
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gustavo Chaves
Mundo Novo - Bahia - Brasil, 27 anos
17 textos (830 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:54)